Seguidores

quarta-feira, janeiro 07, 2015

Estudos para Células de Crianças- Paulo e Silas na Prisão


Certo dia, quando Paulo e Silas estavam indo para o lugar de oração, veio ao encontro deles uma escrava. Essa moça estava dominada por um espírito mau que adivinhava o futuro, e os seus donos ganhavam muito dinheiro com as adivinhações que ela fazia. A moça começou a seguir-los, gritando assim: — Estes homens são servos do Deus Altíssimo e anunciam como vocês podem...


Data: 11/01/2015
Título: “Paulo e Silas na Prisão”

1- Recepção / Bate-papo (Receba as crianças, cumprimente-as e converse um pouco com elas sobre a sua semana).
2- Louvor / Adoração
3- Oferta: Líder, ensine as crianças a importância de ofertar e dizimar na casa do Senhor
4- Pedidos de Oração: Peça às crianças que orem para que novos líderes de crianças sejam levantados e novas células.
5- Revisão da lição anterior: “Paulo e o mágico Elimas” (Faça perguntas sobre a lição)
6- Objetivo: Levar as crianças a entenderem que devem louvar a Deus mesmo nos momentos difíceis, pois Deus ouvirá e Ele trará a nossa vitoria!
7- Quebra-Gelo: Descreva sua semana em cores ( Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta, Sábado e Domingo)
8- Versículo para Memorizar: Eu clamo ao SENHOR pedindo ajuda, e ele me salva dos meus inimigos. Louvem o SENHOR! ( 2 Samuel 22:4) 
9- Referência Bíblica: Atos 16:16 - 36 
10-MensagemCerto dia, quando Paulo e Silas estavam indo para o lugar de oração, veio ao encontro deles uma escrava. Essa moça estava dominada por um espírito mau que adivinhava o futuro, e os seus donos ganhavam muito dinheiro com as adivinhações que ela fazia. A moça começou a seguir-los, gritando assim: — Estes homens são servos do Deus Altíssimo e anunciam como vocês podem ser salvos! Ela fez isso muitos dias. Por fim Paulo se aborreceu, virou-se para ela e ordenou ao espírito: — Pelo poder do nome de Jesus Cristo, eu mando que você saia desta moça! E, no mesmo instante, o espírito saiu. Quando os donos da moça viram que não iam poder mais ganhar dinheiro com as adivinhações dela, agarraram Paulo e Silas e os arrastaram até a praça pública, diante das autoridades. Eles os apresentaram às  autoridades romanas e disseram: — Estes homens são judeus e estão provocando desordem na nossa cidade. Estão ensinando costumes que são contra a nossa lei. Nós, que somos romanos, não podemos aceitar esses costumes. Aí uma multidão se ajuntou para atacar Paulo e Silas. As autoridades mandaram que tirassem as roupas deles e os surrassem com varas. Depois de baterem muito neles, as autoridades jogaram os dois na cadeia e deram ordem ao carcereiro para guardá-los com toda a segurança. Depois de receber essa ordem, o carcereiro os jogou numa cela que ficava no fundo da cadeia e prendeu os pés deles entre dois blocos de madeira. Mais ou menos à meia-noite, Paulo e Silas estavam orando e cantando hinos a Deus, e os outros presos escutavam. De repente, o chão tremeu tanto, que abalou os alicerces da cadeia. Naquele instante todas as portas se abriram, e as correntes que prendiam os presos se arrebentaram. Aí o carcereiro acordou. Quando viu que os portões da cadeia estavam abertos, pensou que os prisioneiros tinham fugido. Então puxou a espada e ia se matar, mas Paulo gritou bem alto: — Não faça isso! Todos nós estamos aqui! Aí o carcereiro pediu que lhe trouxessem uma luz, entrou depressa na cela e se ajoelhou, tremendo, aos pés de Paulo e Silas. Depois levou os dois para fora e perguntou: — Senhores, o que devo fazer para ser salvo? Eles responderam: — Creia no Senhor Jesus e você será salvo — você e as pessoas da sua casa. Então eles anunciaram a palavra do Senhor ao carcereiro e a todas as pessoas da casa dele. Naquela mesma hora da noite, o carcereiro começou a cuidar deles, lavando os ferimentos da surra que haviam levado. Logo depois ele e todas as pessoas da sua casa foram batizados e ficaram cheios de alegria porque agora criam em Deus. Quando amanheceu, as autoridades romanas mandaram alguns policiais com a seguinte ordem para o carcereiro: “Soltem esses homens.” Então o carcereiro disse a Paulo: — As autoridades mandaram soltá-los. Podem ir embora em paz.
11- Aplicação: Paulo e Silas repreenderam o espírito maligno que estava na mulher que fazia com que ela adivinhasse o futuro, porque ela ficava zombando deles e por este motivo foram presos e apanharam injustamente, mas eles não ficaram reclamando, começaram a orar e louvar a Deus e os outros presos ficaram ouvindo e Deus operou um milagre e até o carcereiro e sua família foram salvos e eles foram libertos, quando nós não  reclamamos dos problemas  e sim oramos e louvamos a Deus, o milagre de Deus  acontece e muitas pessoas da nossa família serão salvas pelo nosso testemunho.
12- Atividade: Brinque com as crianças de mímica, escreva em pedaços de papeis algo que deve ser imitado, como por exemplo: um bicho ou coisas como carro, bicicleta, bola, etc, e faça dois grupos e entregue alguns para cada grupo o que acertar mais ganha a brincadeira, se possível dê um saquinho com algumas balas para os vencedores e uma bala para cada participante do outro grupo.

4 comentários:

  1. Muito edificante, parabéns. Que o Senhor Deus continue abençoando abundantemente, em nome do Senhor Jesus.

    ResponderExcluir
  2. Mdss esse é o melhor site !! Vocês são maravilhosos, obrigada por esta lição 💕

    ResponderExcluir
  3. Este estudo é maravilhoso 💕 tenho nem palavras para agradecer

    ResponderExcluir

TRADUTOR